Tags

, , , , , , , , , , , ,

Indo para uma agradável volta ao tempo…conhecer um passado colonial! Escolhemos ir parando aqui e alí e, para início, pegamos um ferry atravessando o James River!

Pic09 Pic10 Pic13

williamsburg-plantation

A capital do Estado de Virgínia é Richmond, mas Williamsburg é considerada a sua capital colonial. A cidade é um deleite para adultos e crianças, um lugar perfeito para férias em família! Para descobrir como os colonos levavam uma vida comum naquele tempo, então você precisa visitar Williamsburg, o “maior museu vivo da história” da nação. Andando pelas ruas calçadas de pedra da zona histórica, você pode envolver-se numa discussão improvisada com “Thomas Jefferson”, “Martha Washington” ou qualquer outra personagem do amplo elenco de “pessoas comuns” cuidando da própria vida. Você pode comparecer ao julgamento de um ladrão de porcos; assistir a um armeiro fabricando um fuzil de pederneira; inscrever-se para um passeio à luz de velas pelos locais assombrados da cidade; ou ver um desfile da banda de pífaros e tambores da cidade.

williamsburg governor palace

Palácio do Governador

williamsburg1 williamsburg-colonial-virginia-eeuu williamsburg-va-govenors-palace-costumes-M

williamsburg williamsburg williamsburg virginia frente williamsburg horse-drawn-carriage_8330_r2

Abaixo, uma representação da cultura e do estilo colonial virginianos em Williamsburg.

Williamsburg_ladies

Foto crédito: Harvey Barrison

Provando vinhos

As vinícolas da Virgínia, antes ridicularizadas, passaram a produzir vinhos de alta qualidade, enquanto o distrito central de Williamsburg passou a ser conhecido não apenas pelas residências coloniais, mas também por um luxuoso spa e lojas caras de arte folclórica.

Recomendo uma visita a Williamsburg Winery – desde sua fundação em 1985 a vinícola conseguiu desenvolver excelentes vinhos. Visite os vinhedos e veja como são feitos os diversos vinhos. Depois deguste alguns junto com um delicioso almoço na Gabriel Archer Tavern. A Winery fica a cerca de oito quilômetros ao sul de Wiliamsburg (a primeira vinícola moderna da Virgínia e a maior do estado. Ela ajudou a lançar a agora florescente indústria vinícola da região, com cerca de cem vinhedos).

williamsburg_2

Atualmente é possível degustar os ótimos vinhos da Virgínia, que antes eram relegados às promoções das lojas.

williamsburg winery

Merchants Square, no centro da cidade

Mais do que apenas fornecedores de canecas de cidra e chapéus de três pontas como souvenires, a Merchants Square (praça dos mercadores), na ponta oeste do Distrito Colonial, também oferece antiguidades incomuns e frequentemente caras, colchas de retalhos, prata e outros trabalhos de artesanato americanos.

Oferece moda e lojas de especialidades antigas, que tem uma mistura de não só o estilo do século 18, mas também o do século 21. São mais de 40 lojas e restaurantes exclusivos. Número ilimitado de memoráveis experiências. No Merchants Square, você encontrará muito mais do que pode caber em um saco de compras. Riso compartilhado em uma deliciosa refeição. Quando sentir fome no almoço, pegue um sanduíche gourmet na Cheese Shop (410 West Duke of Gloucester Street; 757-220-1324), localizado na praça.

williamsburg merchant square

Foto via flickr by kamoteus

williamsburg merchant square1

Foto: flickr by kamoteus

williamsburg_ merchadant square3

A Merchants Square (praça dos mercadores) oferece antiguidades incomuns e frequentemente caras. Foto: uol

williamsburg farmers market - leaves

Os chefs locais, criados com mingau de milho e gengibre asiático, adaptaram a cozinha tradicional do Sul e os ingredientes locais para criar combinações mais exóticas.

williamsburg chef

Foto: flickr by kamoteus

williamsburg chefs

Foto: flickr by kamoteus

xmascarol

Uma produção de teatro de rua, com a peça “A Christmas Carol“, (um Conto de Natal), de Charles Dickens, na Merchants Square. O espetáculo é de 30 minutos e oferece uma tomada divertida do conto clássico de Dickens. As apresentações são gratuitas e geralmente é por volta do dia 21 de Dezembro.. Foto dailypress

Pare para uma bebida em qualquer das quatro tabernas históricas que oferecem pratos coloniais em ambientes da época. Uma delas é a famosa King’s Arms Tavern.

A favorita dos Estadistas Revolucionários, uma vez que o Presidente George Washington foi um dos que frequentou a taberna inicialmente. Jane Vobe abriu a King’s Arms Tavern em 1772 e carinhosamente chamou-a de “um lugar onde as melhores pessoas recorrem.” Embora o prédio rústico tenha sido reconstruído, a autenticidade permanece intacta. Os garçons vestindo perucas, camisas com babados e meias altas servem sopa de amendoim, costeleta de shoat (semelhante a uma costeleta de porco), creme de aipo, com pitada de noz-moscada e algo chamado torta “jogo colonial”.

A King’s Arms oferece entretenimento musical em um ambiente elegante.

Williamsburg Kings Arms Tavern Exterior

williamsburg kings Arms williamsburg tavern

williamsburg kings arms food

Williamsburg-Historic-area-shop-244

As carruagens são aparentemente fabricadas artesanalmente na Áustria, de acordo com um dos motoristas, mas as rodas em si são, na verdade, feitas à mão na loja de wheelwright na área histórica de Williamsburg. Essa passava em frente à King’s Arms Tavern.

Maior loja da Yankee Candle

Yankee Candle tornou-se o nome número 1 mais reconhecido no mercado de velas e a melhor marca de venda do país. A marca oferece a maior e a mais atraente seleção de velas e fragrâncias para casa, do mundo.  Aqui, no coração do triângulo histórico da Virginia, você vai encontrar uma loja diferente de qualquer outra. Com mais de 400.000 velas em mais de 200 diferentes famosas Yankee fragrancias, você vai descobrir uma aventura divertida e interativa.

williamsburg yankee-candle_9571_r2 williamsburg yankee-candle-

Parada para o churrasco

Os sulistas podem discutir a respeito de churrasco com o mesmo vigor que exibem na discussão do futebol americano universitário, e o churrasco ao estilo da Virgínia certamente é digno de um debate acalorado. Ele tende a ser mais suave e aromático do que a abordagem mais avinagrada e picante da Carolina do Norte. Na área de Williamsburg, o Pierce’s Pitt Bar-B-Que (447 East Rochambeau; 757-565-2955) é uma lenda local. O cheiro da carne escapa do restaurante e até toma conta do trecho próximo da estrada. Durante o dia todo, o estacionamento fica lotado de pessoas disputando os sanduíches de churrasco (a partir de US$ 3,79) e costela assada (US$ 18,99). A carne de porco domina, mas o Pierce’s também serve frango, saladas, pão de milho e bolos de cenoura e limão caseiros. (Mas cuidado, se você pedir uma salada de frango, o garçom poderá achar que você está louco.)

 

Nas vizinhanças, há diversões familiares de outro tipo: Busch Gardens, local onde se encontram algumas das montanhas russas mais bem avaliadas do país e um excelente lugar para ver animais (logo mais vou publicar uma postagem sobre os parques Busch Gardens). Você pode visitar os lobos cinzentos e maravilhar-se com o tamanho dos cavalos Clydesdale Anheuser-Busch, cada um com pelo menos 1,8 metro de altura e pesando entre novecentos e mil quilos.

williamsburg horse

cavalos Clydesdale Anheuser-Busch

Para não ficar de fora o sonho “consumista” que todos que vem aos Estados Unidos não deixa de não ter, aqui também tem paraíso de compras, pois além das várias lojas de grife no centro tem o Williamsburg Premium Outlets, com 150 lojas.

williamsburg premium-outlets_9602_r2

Mimo à moda antiga

Cansaço após um longo dia de caminhada e compras? Uma visita ao Spa of Colonial Williamsburg, que fica na 307 South England Street; site: www.colonialwilliamsburgresort.com/spa pode ser exatamente o que você precisa. Bem no Distrito Colonial, o spa oferece a listagem habitual de tratamentos, mas seguindo o tema histórico, ele também oferece uma curiosidade: pacotes baseados nas práticas dos primórdios da história americana, como um tratamento do século 18 com ervas da era colonial como poejo, salva, alecrim, angélica e bagas de zimbro (US$ 265 por pessoa por duas horas).

williamsburg indoor-pool

DICAS BÁSICAS E DE QUANDO VIAJAR

A primavera é um bom momento para visitar, antes do quente verão da Virgínia. Também é a melhor estação caso queira visitar o parque temático de Busch Gardens, a cinco quilômetros ao leste de Williamsburg, quando  as filas são menores e você pode conseguir estacionar.

Especialmente para visitantes com crianças que estão indo pela primeira vez, ficar em uma das casas coloniais por pelo menos uma noite vale a pena, apesar da falta de acomodações mais luxuosas. Os quartos tendem a ter TV, telefone e móveis da vovó, mas não muito mais. Reservas podem ser feitas pelo telefone (800) 447-8679. Os preços custam a partir de US$ 159 para um quarto em uma taverna e mais de US$ 300 por uma casa de dois quartos, dependendo da temporada.

Se casas coloniais não são o seu lance, experimente o Williamsburg Inn (136 East Francis Street; 800-447-8679; www.colonialwilliamsburgresort.com). Construído em 1937, é um Hotel do Fundo Histórico Nacional e oferece localização central no coração colonial, assim como Wi-Fi, piscina coberta e todos os confortos com os quais as pessoas se viravam sem no século 18.

Fonte: (crédito de algumas informações do uolviagens)

Anúncios