Tags

, , , , , , , , , , , , ,

Ok, chegamos em Londres… e a chegada foi um tanto que atrapalhada e novamente foi uma agonia, um pouco melhor do que nos aconteceu em Viena, Áustria, mas mesmo assim que sufoco!!!

Pegamos o ferry Stena Line no Porto de Hook na Holanda, que saiu pontualmente às dez da noite e chegou em Harwich, na Inglaterra, às seis e meia do dia seguinte (um luxo a bordo desse superferry que faz a travessia Holanda x Inglaterra. Os serviços a bordo incluem dois restaurantes e bares, lojas, cinema e um espaço infantil para manter as crianças ocupadas, além de duty free e casa de câmbio). O preço da passagem no ferry inclui dois bilhetes de trem: O que parte de qualquer cidade holandesa, até o porto do embarque  e o de Harwich até qualquer cidade na Inglaterra. Como iámos para Londres, então o bilhete do trem já estava incluido. Quem escolhe viajar durante a noite deve necessariamente reservar uma cabine. Apesar da despesa adicional, vai desfrutar de um sono tranquilo, sabendo que além de ter economizado uma diária de hotel estará no dia seguinte desembarcando bem dormido e de banho tomado.

stena-3trem cabine

trem cabine1

Aqui começou nossa outra odisséia. Saltamos do ferry com nossas bagagens e fomos para a fila da imigração para carimbar os passaportes. Na saída, tínhamos que ser bastante ágeis para não perder o trem para Londres (pois só tem dois horários, o outro seria bem mais tarde). Qual não foi nossa surpresa quando notamos, já dentro do trem que estava faltando uma bagagem…mas que depressa, Steve me entregou o meu bilhete e saltou às pressas pedindo que eu seguisse e ele ficaria para pegar a mala e iria no trem seguinte, pois não dava mais tempo ir naquele já que estava saindo. Imagine, eu com o restante da bagagem, que aquela altura já havia aumentado devido a coisas que compramos em todos os lugares que passamos!!!

Bastante apreensiva, desembarquei na estação St. Pancras, de Londres! Graças a Deus tive ajuda de um funcionário da empresa do trem com as minhas bagagens e também me acomodou num lugar estratégico onde eu teria que ficar esperando a chegada do meu marido (que diga-se de passagem, demorou foi muito, pois o outro horário era com uma diferença de mais ou menos nove horas). Finalmente ele chegou e, lógico, com a outra mala…ainda bem!  🙂 Fomos para o hotel, já era noite!

st-pancras-station-02

Londres! Cheia de história, realeza, riquezas, estilo, museus, palácios maravilhosos! O Big Ben, a agitada cidade, elegante, diferente do mundo, meca do rock, parques verdes, ícones vermelhos, punks, pubs,  moderna, vibrante,  puro charme..

londres

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

famosos telefones públicos…

É a capital da Inglaterra e do Reino Unido. Tem uma gama diversa de povos, culturas e religiões e mais de 300 idiomas são falados em seu território. Metrô de Londres é a mais extensa rede ferroviária subterrânea do mundo.

london 5 London 1a London 001

Como qualquer turista, ficamos encantados pela cidade, que estava fria devido a estarmos no final do outono. Os dois primeiros dias foi para darmos um giro  e conhecermos os principais pontos turisticos e sentir o estilo londrino e o terceiro foi dedicado a museus. Steve é fanático por histórias das civilizações antigas..

Aqui estão alguns lugares que visitamos:

Torre de Londres: Situada às margens do rio Tâmisa, a Tower of London localiza-se na região de um antigo forte romano. Foi construída pelos conquistadores normandos. No reinado de Henrique VIII, suas torres foram transformadas em prisão e atualmente, a torre guarda as jóias da Coroa Britânica, que podem ser apreciadas por todos.

Public domain image, royalty free stock photo from www.public-domain-image.com London2Paris 004

scan0054 scan0053 scan0052

Ponte da Torre ou Tower Bridge: Todos a reconhecem, mesmo quem nunca foi à Inglaterra. Milhares de turistas a visitam anualmente. Todo dia londrinos a atravessam, talvez sem nem olhar para ela ou pensar em sua origem. A Ponte da Torre é um dos pontos mais conhecidos de Londres.

A Ponte da Torre, que não deve ser confundida com sua vizinha ponte de Londres, está ligada à Torre de Londres que fica bem próxima. Com cerca de 800 anos a Tower Bridge tem uma vista espetacular da cidade e é super interessante subir as torres, atravessar a ponte e visitar a Sala de Máquinas Vitorianas, onde  encontram-se as máquinas a vapor originais que no passado acionavam os braços basculantes da ponte, hoje à eletricidade, que abrem cerca de 1000 vezes durante o ano para passagens de grandes navios. A ponte abre para dar passagem aos barcos e fecha em seguida. “Mas assim como no passado, quando a Ponte da Torre abre, o trânsito pára. Pedestres, turistas e outros visitantes ficam maravilhados com o funcionamento da ponte. Um aviso sonoro é dado, barreiras descem para bloquear a passagem, o último veículo completa a travessia e os controladores da ponte avisam que a pista está vazia. Silenciosamente, os quatro pinos das básculas se desencaixam e elas se erguem em direção ao céu. Então as atenções se voltam para o rio. Não importa se é um rebocador, um navio de cruzeiro ou um veleiro, todos ficam observando a embarcação passar. Minutos depois, os sinais mudam. As básculas descem, e as barreiras de trânsito se levantam. Ciclistas, para passar primeiro, disparam na frente dos veículos que estão esperando” (citação: biblioteca on-line)

londres3 londres2 London 1d London 1f

London 1e

scan0058 scan0056

BIG BEN: Quando se fala em Big Ben, todos pensam no célebre relógio do Parlamento Inglês, mas na verdade ele se refere ao sino de 13 toneladas e meia que foi fixado na face norte do Palácio de Westminster, em Londres, quando o posto de ministro de Obras Públicas deste país era ocupado por sir Benjamin Hall, em 1859.

Um dos cartões-postais, símbolo da pontualidade londrina. A torre do relógio Big Ben foi construída após incêndio que destruiu o Palácio de Westminster e comemorou 150 anos em 11/7/2009.

scan0130

London2Paris 002

 

PARLAMENTO: O edifício do Parlamento abriga a Câmara dos Lordes e a Câmara dos Comuns, é a Assembléia Legislativa da Grã -Bretanha, ao redor de Westminster Hall, salão construído no século 11 pelo rei Canuto.

scan0143 scan0142 scan0141 scan0140 scan0139 scan0049

 

Londres8

Anúncios