Tags

, , , , , ,

Em uma das minhas primeiras “andanças” internacionais, aportei em Bruxelas, que é a capital da Bélgica. Como sede de muitas instituições européias, ela pode também ser considerada uma espécie de capital para a União Europeia. Aí há um  cruzamento das culturas (a germânica no Norte e o Romance no Sul) e desempenha um papel importante na Europa. A população da cidade de Bruxelas é de 1 milhão e a da área metropolitana fica a pouco mais de 2 milhões.

aeroporto Bruxelas-Zaventem_wm

scan0168   scan0169

Aeroporto de Bruxelas (Zaventem). Fotos: propriedade de experienciasdeviagens

A cidade de Bruxelas está rapidamente se tornando um local moderno para escapadelas de fim de semana e feriados. Além de seus famosos chocolates e cervejas há muitas atrações que a maioria dos visitantes não pode imaginar. É um centro da cultura europeia, oficialmente apelidado de “a Vila Européia”, com cerca de 90 museus, belos parques, passeios fascinantes, restaurantes e bares.

É uma cidade bilíngüe onde ambos francês (80%) e holandês (flamengo) (20%) são as línguas oficiais. Assim, todas as ruas têm dois nomes, que podem soar totalmente diferentes. Por exemplo, a praça principal é chamada tanto de la Grand Place e de Grote Markt. Embora oficialmente bilíngüe, o francês é, sem dúvida, a língua franca. Inglês também é amplamente compreendido, mas nem sempre é amplamente falado. Os visitantes devem perceber que a linguagem é uma questão muito divisiva na Bélgica (embora isso não seja tão perceptível, em Bruxelas).

Seu principal aeroporto é o Brussels Airport, localmente conhecido como Brussels National ou Zaventem. Há ainda trens de alta velocidade entre Londres, Paris e Amsterdã, uma rede de comboio intercidades que pode trazê-lo e levá-lo por toda a Europa, e você pode até mesmo chegar aqui por ferry.

Viajar para Bruxelas é barato comparado a Londres e Paris, com um toque de charme e elegância. Alojamentos em hotéis inclui hotéis de luxo, hotéis categoria estrelas, pousadas e apartamentos para alugar. Os hotéis podem ser reservados online antes de chegar, a preços muito razoáveis​​.

Na cidade, o transporte público é fácil de usar, uma ótima dica é encontrar em um mapa de Bruxelas os pontos de metrôs mais próximos de onde vai ficar antes de reservar alojamento. Dessa forma, você pode facilmente chegar ao centro da cidade e principais atrações turísticas. Hop-on hop-off ônibus também estão disponíveis e nos passes estão incluídos um passe de museu (o chamado Cartão de Bruxelas).

bus1 Foto: showbus.com

Os principais pontos turísticos a ser visitados são:

1) Grand Place: O primeiro lugar que você vai, normalmente, ser levado a ver na cidade. Um pequena, mas delicadamente esculpida praça da cidade, do século 15, erguida ao longo dos séculos para se tornar essa representação moderna da história de Bruxelas. Quase todos os edifícios têm um significado histórico e o Hotel de Ville (Câmara Municipal) é usado ainda hoje! É cercado pela torre da cidade e uma série de belos edifícios antigos de 300 anos. À noite, cercado por luminosidade brilhante, é simplesmente arrebatador. Algumas noites de música e um show de luz acontece aqui, com os edifícios que servem como uma tela. Aproveite que está aí para saborear o “gaufre de Liège-Luikse wafel” (waffle belga com açúcar caramelizado), os melhores são disponíveis a partir das pequenas lojas fora do canto nordeste da Grand Place-Grote Markt.

grand placeFloral-carpet-on-the-Grand-Place-Square-Brussels-Belgium  Fotos: fanpop e layover guide

Tapete de Flores: A cada dois anos, ele é lindamente criado no Grand Place. Isto é feito no mês de agosto, durante o fim de semana da Assunção. O tapete é feito de 24 x 70 metros quadrados de begônias (1 milhão de flores!). A tradição começou em 1971 e atrai turistas de todo o mundo.

2)Manneken Pis: A uma curta caminhada do Grand Place está o Manneken Pis, ou o menino que faz xixi, uma pequena estátua (fascinante!) de bronze criada para representar o “espírito irreverente” de Bruxelas. Não só atraem milhares de turistas curiosos todos os anos para Bruxelas, como pessoas locais celebram muitas festividades com esta fonte de bronze. Os belgas criaram centenas de roupagens para esta estátua. Na última contagem, há mais de 700 figurinos para este companheiro para todos os eventos do ano e de países ao redor do mundo. Há muitas histórias do significado da estátua. Acredita-se ter sido inspirada por uma criança que, ao mesmo tempo em uma árvore, encontrou uma maneira especial para afastar as tropas invasoras. Outra história diz que um pai estava dando por falta de seu filho e fez uma declaração para a cidade que, quando ele encontrasse o mesmo, iria construir uma estátua dele, fazendo o que quer que fosse que ele estava fazendo. Também foi dito que uma bruxa transformou-o em pedra por estar fazendo xixi em sua propriedade. Nada é definitivamente verdadeiro!

Manneken_Pis by Markus Koljonen wikimedia.org Foto: wikimedia.org by Markus Koljonen

Manneken_Pis_in_judopak_Brussel by  Pbrundel Foto: wikimedia.org by  Pbrundel

3) Parc du Cinquantenaire-Jubelpark: Definitivamente confira o Arco do Triunfo-Triomfboog no lado leste da cidade. Está no Parc du Cinquentenário-Jubelpark. É possível ir até o terraço acima do arco, de onde você terá uma boa visão da cidade. A entrada é através do Museu Real das Forças Armadas e de História Militar e é gratuito.

Bruxelas-By Marc Ryckaert -MJJR-Own work- CC-BY-3.0  via Wikimedia Commons Parc du Cinquantenaire. Foto: wikimedia.org by Marc Ryckaert

4) Atomium: O Ícone inevitável de Bruxelas e da Bélgica, lugar importante para o turismo internacional, a criação única na história da arquitetura e do vestígio emblemático da Feira Mundial de Bruxelas (Expo 58), o Atomium continua a incorporar suas idéias de futuro e universalidade, meio século depois. Tem uma estrutura gigantesca que brilha ao sol na forma de um átomo. É uma réplica de um cristal de ferro ampliado 165 bilhões de vezes. Parece interessante? Então viaje para dentro da área Heysel de Bruxelas para explorar o Atomium, que produz uma vista espectacular sobre a cidade bem como exposições de artes e a ciências e um restaurante com suas 9 esferas.

atomium by moving.bg (httpwww.moving.bgblogAtomium  Foto: by moving.bg

5) Palais de Justice/Justitiepaleis: O Palácio da Justiça é uma grande estrutura que fica no topo de Bruxelas, olhando para a cidade, oferecendo uma das melhores paisagens urbanas noturnas. Este edifício ainda serve o seu propósito original, como os altos tribunais de Bruxelas. Tem uma distintiva cúpula dourada e muitas colunas decoram a sua fachada, que está virada para a estrada, localizada na Place Poelaert rua comercial perto da Avenida Louise. É maior do que a Basílica de São Pedro, em Roma, e custou 45 milhões de francos belgas para a construção em 1866.

Palais_de_Justice_Bxl_-_Justitiepaleis_Brussel By Patrice Etienne via Wikimedia Commons Palais de Justice. Foto: wikimedia.org by Patrice Etienne

6) Mini-Europe: é um parque temático com miniaturas dos mais famosos monumentos, sítios e paisagens da Europa. Ele está localizado ao lado do Atomium em Brupark. É uma grande oportunidade para que as famílias tenham um grande dia com as crianças. As miniaturas são cerca de 25 vezes menor do que as versões em tamanho real, algumas das mais famosos incluem a Torre Eiffel, a Torre Inclinada de Pisa, o Monte Vesúvio e, claro, a Grand Place!

 Mini-Europe. Foto: Flickr by Informatique

Assim como em todas as grandes cidades há aqui também vários museus, galerias, parques, zoológico, óperas e, claro, vários lugares para compras (malls, market, shopping street etc).

Que tal, alguém sabe me dizer ai uma curiosidade de Bruxelas?

Anúncios