Tags

, , , ,

tulip

Google imagem

Em março de cada ano, os campos perto de Amsterdam se transformam de aspecto arenoso deixado pelo gelo em tapetes de brotos verdes nascendo da terra. São os primeiros sinais da primavera, quando logo mais tarde, em plena estação, a área é envolta com flores vermelhas, rosas, roxas, laranjas e amarelas, uma visão que realmente parece ter sido tirada de “O Mágico de Oz”…

Embora existam algumas diferentes regiões do cultivo de bulbos nos Países Baixos, a área mais conhecida encontra-se entre as cidades de Haarlem, na província de Noord-Holland (Holanda do Norte) e Sassenheim, ao norte de Leiden, na província de Zuid -Holland (Holanda do Sul). Esta área inclui a pequena aldeia de Lisse, a cerca de 30 km ao sudoeste de Amsterdã, casa do Jardim Keukenhof (Keukenhof Gardens).  Dependendo do tipo de transporte que você escolher, a viagem leva menos de uma hora de Amsterdã.

A melhor época para ver as tulipas em plena florescência é no meio de Abril, mas é claro que isso vai depender da Mãe Natureza, pois as vezes o frio intenso retarda a abertura dos botões das flores.

A melhor hora do dia para visitar o Keukenhof é assim que abre ou nas últimas horas antes de ser fechado, uma vez que os jardins atraem milhares de turistas. Estas horas são também melhores para boas fotos, porque a luz do sol não é tão brilhante, o que “desbota” a cor espetacular das flores.

Você pode optar por uma das duas (ou as duas) maneiras de apreciar esta beleza:

1. Visitando as fileiras perfeitamente plantadas de bulbos florescendo, no famoso Keukenhof Gardens (indiscutivelmente um dos mais espetaculares jardins planejados do mundo,  apresenta sete milhões de bulbos florescendo e inúmeros outros arranjos florais em muitos pavilhões fechados. Aberto por apenas dois meses por ano ( março –  maio) ou

2.  Passeio através dos campos dos agricultores de bulbos, que fica nas proximidades.

Em Amesterdã o seu destino nunca está longe, mas ter uma bicicleta é uma autêntica experiência local…

Este slideshow necessita de JavaScript.

A cultura da bicicleta aqui é forte… Há cerca de 600 mil bicicletas para 750 mil moradores de Amsterdã resultando 40% de todo o tráfego. Este meio de transporte é tão popular que foi integrado na vida diária da cidade. Eles têm luzes de tráfego para bicicletas, estacionamentos de bicicletas, ciclovias múltiplas e quilômetros de ciclovias mais do que qualquer país do mundo. As “bikes” convivem entre carros e bondes, mas também são elas a melhor maneira de se locomover. Muitas ciclovias foram construídas por toda a cidade, onde não era acessível a carros ou aos bondes.

Amsterdam canal bikes

Amsterdam bife traffic light

Bebeu um pouco além da conta ou não pôde encontrar o caminho de casa ou de volta para o hotel? Há sempre os táxis bicicleta (um pouco mais colorido do que outros) disponíveis em alguns cantos da rua..Amsterdam bike taxi

Fonte: http://www.theworldisabook.com/8033/amsterdams-bicycle-culture/

Amesterdã é também uma cidade de tolerância e diversidade. Ela tem todas as vantagens de uma grande cidade: cultura, vida noturna, restaurantes internacionais, bom transporte – mas é tranquilo, e em grande parte graças aos seus extensos canais, tem pouco tráfego rodoviário.

Capital da Holanda, Amsterdã é mundialmente conhecida pelos seus encantadores canais, sua falada arquitetura, artistas famosos (Anne Frank) e, claro, o famoso “Red Light District” (Distrito da Luz Vermelha) e casas de café.

Amsterdam12

Assim como Veneza, aqui também tem seus canais, que ao invés de gôndolas são usados barcos como meio de transporte…

 

6 últimas fotos dos canais: crédito para http://www.eurotravelogue.com/2012/04/guided-canal-boat-tour-through-historic.html

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

– Google imagens

 

 

Anúncios